Jerónimo de Sousa com nova imagem para as europeias


Jerónimo de Sousa

Líder do PCP

Anúncios

Os homens da propaganda do PCP


“Senhores jornalistas, eu com 80 anos passei a maior vergonha da minha vida…”

Foi assim que o Senhor Armando de Sousa de 80 anos, descreveu como foi escorraçado da Associação Unitária dos Reformados, Pensionistas e Idosos do Lavradio, onde passava o seu tempo a jogar as cartas com os seus colegas.

Publicado no Jornal de notícias do Barreiro a 21 de Julho de 2010, este texto elucidativo veio mais uma vez demonstrar a associação doentia e destemida de toda uma força que continua a minar as mentes de toda uma população que se vê abraços com toda esta podridão que é o comunismo.

“…e entraram uns homens com uma propaganda do Partido Comunista Português…
Quando chegou ao fim das intervenções do PCP eu pedi para falar e a senhora disse-me que podia falar.
Perguntei sobre as nacionalizações que arruinaram tantas empresas, perguntei sobre os 400 barcos que havia no Tejo e sobre as casas dos emigrantes que foram assaltadas e as respostas foram que “não fomos nós, isso foi o Salazar”.
Passados dois dias desta situação fui chamado à direcção, fecharam as portas para que os outros não pudessem ver e fui corrido.
Eu perguntei o motivo, porque não tratei mal nem ofendi ninguém.
Tinha as cotas pagas até ao final do ano e pedi o dinheiro, mas disseram-me que o dinheiro ficava e que eu não podia mais lá entrar…”

Estes bandoleiros da foice e martelo, homens “tolerantes e de bom trato”, actuam como fungos que saem do armário, minando toda uma sociedade, provocando a degradação e a desordem, mas… cada vez mais os barreirenses se vão apercebendo do mal causado por este bando de malfeitores.

Publicado também no Blog Barreiro Terra Portuguesa