É Fartar Vilanagem II


Data de publicação:
18-05-2009

N.º Procedimento:

51756
 
Listagem de entidades adjudicantes
NIF Nome entidade adjudicante
600082598 CIG – COMISSÃO PARA A CIDADANIA E IGUALDADE DE GÉNERO
Listagem de entidades adjudicatárias
NIF Nome entidade adjudicatária
502585757 Associação Universidade – Empresa para o Desenvolvimento – TecMinho

Objecto do contrato:

Aquisição de Serviços para elaboração de um Estudo sobre Discriminação em função da Orientação Sexual e identidade de género em Portugal.
 
Data da celebração de contrato:
26-03-2009

Preço contratual :

50.000,00 €

Anúncios

É Fartar Vilanagem


Para conhecimento de todos aqueles que não gostam de emprenhar pelos ouvidos.

Contrato:

Nome da entidade adjudicante: Fundação INATEL
Nome da entidade adjudicatária: Solverde – Sociedade de Investimentos Turísticos da Costa Verde, S.A.

Objecto do contrato:

Aquisição de serviços de jantar de gala nos casinos de Chaves, Vilamoura, Monte Gordo e Hotel Algarve Casino, no âmbito do Programa Turismo Sénior 2009 – 2ª Fase

Data da celebração de contrato:
23-03-2010

Preço contratual :
183.731,17 €

Ver Aqui

Contrato:

Nome da entidade adjudicante: Fundo para as Relações Internacionais I.P.
Nome da entidade adjudicatária: Casa do Marquês, SA

Objecto do contrato:
Serviço de cocktail e jantar para 350 pessoas e decoração da Gala Prémios Talento 2009

Data da celebração de contrato:
05-05-2010

Preço contratual :
30.050,00 €

Ver Aqui

Contrato:

Nome da entidade adjudicante: Associação Turismo Açores – Convention and Visitors Bureau
Nome da entidade adjudicatária: Desafio Global Ativism – Eventos, Mot. e entret. SA

Objecto do contrato:

prestação de serviços de organização da realização do evento “Festa Açores”, no âmbito da edição de 2010 da BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, consistindo numa disco party, com a participação de cerca de 750 pessoas (convidados), integrando welcome drink, cocktail dinattoire e bar aberto, a realizar no estabelecimento de bar denominado “Urban Beach”, sito em Lisboa, com zona coberta e ao ar livre, com acesso único através de uma entrada dotada de help-desk

Data da celebração de contrato:
29-12-2009

Preço contratual :
196.000,00 €

Ver Aqui

Contrato:

Nome da entidade adjudicante: Município do Seixal
Nome da entidade adjudicatária: Vodafone Portugal – Comunicações Pessoais, S.A

Objecto do contrato:
Telefones móveis – DAGEF/Secretaria Geral

Data da celebração de contrato:
08-01-2010

Preço contratual :
216.666,67 €

Ler Aqui

A loucura apoderou-se do PS


O ministro da Agricultura, António Serrano, lançou esta semana uma campanha “Previna-se e Viva”, aconselhando a todos os portugueses de se munirem de uma mochila de emergência, que deverá conter alimentos e utensílios, como guardanapos, fósforos, panelas, canivete multiusos e lanterna, para além disso, deveram ter a dispensa guarnecida de bens alimentares para duas semanas.

A iniciativa parte do Partido Socialista e está a ser coordenada pela Comissão de Planeamento de Emergência de Agricultura, segundo um dos responsáveis, Pedro Castro Rego, trata-se de um convite para as pessoas guardarem reservas para uma ou duas semanas para sobreviverem de forma sustentada, equilibrada em situações inesperadas.

Que “situações inesperadas” são essas… A loucura apoderou-se do governo, ou algo mais está para acontecer.
Por precaução, vou mas é construir um Bunker nos fundos da minha casa, não vá o Diabo tecê-las.

Mais uma festarola paga pelo contribuinte


Enquanto o povo aperta o cinto, Sócrates abre os cordões à bolsa e prepara mais uma festarola para os seus convivas, o primeiro-ministro qualificou como histórica a próxima reunião de chefes de Estado e de Governo dos 28 países da NATO, que terá lugar em Lisboa a 19 e 20 de Novembro.

Preparem-se, piores dias virão

A verdadeira história dos chips


O gestor Pedro Bento foi assessor do secretário de Estado Paulo Campos, deixou o Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações e num passo de mágica, assume o cargo de administrador executivo em Portugal da Q-Free, que por acaso e só por acaso é a empresa fornecedora dos chips de matrícula que o Governo queria usar nas Scut.

Preparem-se


José Sócrates afastou a hipótese de recorrer à redução dos salários da Função Pública para reduzir a despesa pública.

Faz-me lembrar o postal publicado aqui no nosso tasco, em que Sócrates, garantia aos portugueses…

“Não haverá aumento de impostos”

“Fiz tudo para não aumentar os impostos”