PSD defende distribuição gratuita de droga


Quando li esta manhã que um energúmeno da JSD, Alexandre Gaudêncio e candidato à liderança do PSD Açores, defende a distribuição gratuita de droga aos toxicodependentes, deu-me logo uma daquelas angústias existenciais.

Eu tenho o meu feitio e um “gajo” tenta ser por vezes tolerante nos seus postais, mas cada vez mais os políticos do sistema, não sei se por defeito ou feitio, acabam todos por ter ideias de “merda”, provavelmente sofrem de alguma alteração genética, terão no seu organismo algum “by-pass” (a moda das estrangeirices) entre o intestino e o cérebro, provocando de tempos a tempos uma diarreia mental colectiva.

Está uma pessoa recostado no seu sofá a beber umas minis, já que o dinheiro não dá para mais, e leva logo com notícias deste calibre, acreditem que até o malfadado do tremoço fico retido na traqueia. O país é deles, dos “paneleiros” e “lésbicas” desses cabrões “cheira-cus”, amantes de um sistema macabro, abrem a boca e logo sai “merda”.

Será que após aprovarem tal lei, iremos ter os primeiros chutos com cobertura televisiva e em horário nobre, o caso não seria para menos… estes “doentes” merecem muito mais e o povo iria adorar, poderíamos adoptar como um novo desporto nacional, “Quem tomba primeiro?” iria fazer as delícias da pequenada.

Destroem o sistema nacional de saúde, para depois virem promover as clínicas de morte, (leia-se aborto) e agora, as salas para os drogados, tudo isto à conta dos dinheiros públicos.

Anúncios