Vejam lá se descobrem as diferenças

Um britânico que matou a própria filha adolescente em Agosto de 2009 foi condenado à prisão perpétua nesta segunda-feira.
Gary Fisher, de 48 anos, matou a filha Chanelle Sasha Jones, de 17 anos, em um estacionamento de um pub em Cardigan, no País de Gales. Durante o julgamento na corte de Swansea, Fisher alegou que matou a filha devido a um pacto suicida.

 Ler mais aqui

O tribunal de Matosinhos condenou esta quinta-feira a 16 anos de prisão o homem que, em 28 de Maio de 2009, sufocou a filha com um cinto de roupão, a menina tinha sete anos e o crime ocorreu depois de o pai a ter ido buscar à escola e ajudado a fazer os trabalhos de casa.

Descobriram as diferenças? É esta a justiça que temos…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: